A MWC 2017 é um dos maiores eventos para indústria de telecomunicações e após as informações que a Sul Coreana Samsung não estará presente no palco do evento é a vez da gigante chinesa Xiaomi pular fora, no ano passado a fabricante usou o evento para lançar o Xiaomi Mi 5 um smartphone flagship com design impecável ou seja, foi durante este evento tão importante que a fabricante ganhou maior visibilidade no mercado do ocidente. Em 2015 Hugo Barra CEO internacional subiu ao palco para falar sobre a empresa e negócios e, para nossa surpresa Barra anuncia sua saída da empresa  após uma temporada de três anos e meio a frente da companhia e talvez isso tenha motivado a fabricante desistir do evento.




Hugo Barra anunciou sua saída da Xiaomi no dia 22 de janeiro. da Xiaomi direto para o Facebook, a notícia foi dada pelo próprio executivo brasileiro via Twitter onde usou seu avatar em realidade virtual ao lado do CEO do Facebook. segundo Zuckerberg CEO do Facebook, Barra ficará a frente dos projetos de realidade virtual da companhia em Menlo Park, incluindo a Oculus, esta é uma empresa de realidade virtual comprada pelo Facebook em 2014.

Talvez a saída do CEO internacional possa ter motivado a fabricante desistir do evento tão importante que é a MWC 2017, ou, em outras hipóteses que os diversos rumores que surgiram sobre o seu próximo carro chefe o Xiaomi Mi 6 e até mesmo o Xiaomi Mi EVO que estavam sendo tão aguardado pelo público. o que parece que o suposto lançamento está longe da companhia Chinesa. Se eles eram apenas rumores ou não isso ainda não sabemos, o fato que, se a fabricante pensa em lançar alguns deste modelos não será na MWC 2017. Simplesmente por não vermos a gigante chinesa no evento mais importante não significa que está parada totalmente, ainda este mês na CES 2017 a empresa surprendeu o mundo e ganhou uma ótima visibilidade durante o evento com o lançamento da sua mais nova Xiaomi Mi TV 4 inteligente.

O ano de 2017 começou para Xiaomi como um ano desafiador, pois além de executivo brasileiro Hugo Barra anunciar sua saída da empresa por motivo de saúde o CEO Lei Junho admitiu que a empresa está passando por um momento de transição, pois está crescendo muito rapidamente, e que, pela primeira vez em cinco anos a fabricante não anuncia seu relatório de vendas de smartphones do no ano anterior, nesse caso 2016.

 

 




Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
  Subscribe  
Notify of